• facebook
  • flickr
  • twitter
  • A Gigante H&M quer entrar no Brasil comprando a C&A

    comportamento, Pesquisa de Moda, Tendencias e Inspiração

    09/12/2011

    De acordo com a revista Exame, a H&M, gigante sueca do varejo de roupas, estuda a aquisição das operações da concorrente holandesa C&A. Avaliada em aproximadamente 60 bilhões de dólares e com faturamento de 20 bilhões de dólares no ano passado, a H&M concorre diretamente com a espanhola Zara pela liderança do mercado mundial de um segmento que ficou conhecido como “fast fashion”.

     

    As operações da C&A no Brasil são o alvo de maior interesse dos suecos, que há tempos estudam a entrada no país. Maior rede de varejo de moda do Brasil, com 210 lojas, a C&A enfrentou dificuldades em 2010, inclusive com falta de produtos nas lojas. De acordo com um executivo próximo à empresa, as operações foram normalizadas, e campanhas como as que levaram coleções de estilistas renomados e da modelo Gisele Bündchen para os cabides deram nova força à rede. Segundo um analista do mercado, a presença nacional da C&A e o tamanho de suas lojas se encaixariam perfeitamente no modelo da H&M. Oficialmente, as duas redes afirmam que não há nenhuma negociação em andamento. Um executivo da C&A no Brasil, que pede anonimato, confirma que representantes das empresas estão conversando. Comunidade Moda – Fonte: Revista Exame

    Artigos Relacionados:

    PPR um jeans elaborado como nos tempos que o jeans foi criado - Lookbook
    Reflexos
    Inverno 2013 | Tommy Hilfiger

    Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

    Deixe sua opinião

    4 respostas para “A Gigante H&M quer entrar no Brasil comprando a C&A”

    1. É importante que uma empresa como a H&M entre no mercado brasileiro para acrescentar, afinal, temo marcas muito ricas e tradicionais, ha que se ter também uma coisa intermediária, não só de luxo vive o povo. O importante é que os profissionais da moda entendam que não é porque uma empresa de moda se faça de popular como a C&A, entenda que o “povão” tenha que se vestir mal. Há um tempo ela mudou o conceito, mas as indústrias que focam nesse público, judiam demais deles. O básico pode ser barato, as estampas normalmente são de muito mal gosto, e as cores idem. Há que melhorar o gosto daquele que não pode se vestir com marcas caras e ter a sensibilidade da noção do belo desenvolvida com o seu pode aquisitivo, vivendo em bons lugares, vendo desfiles, estudando moda, etc. É preciso olhar pela população de uma Nação e fazer dela uma gente de bom gosto.

    2. É importante que uma empresa como a H&M entre no mercado brasileiro para acrescentar, afinal, temo marcas muito ricas e tradicionais, ha que se ter também uma coisa intermediária, não só de luxo vive o povo. O importante é que os profissionais da moda entendam que não é porque uma empresa de moda se faça de popular como a C&A, entenda que o “povão” tenha que se vestir mal. Há um tempo ela mudou o conceito, mas as indústrias que focam nesse público, judiam demais deles. O básico pode ser barato, as estampas normalmente são de muito mal gosto, e as cores idem. Há que melhorar o gosto daquele que não pode se vestir com marcas caras e ter a sensibilidade da noção do belo desenvolvida com o seu pode aquisitivo, vivendo em bons lugares, vendo desfiles, estudando moda, etc. É preciso olhar pela população de uma Nação e fazer dela uma gente de bom gosto.

    3. Ygor disse:

      A pessoa que escreveu essa matéria viajou legal. A C&A é uma marca internacional, gigantesca, jamais seria comprada pela H&M para abrir lojas aqui no Brasil. No máximo ela compraria uma loja 100% brasileira, como a Riachuello.

    4. admin disse:

      A H&M é a segunda marca de varejo do mundo só perde para a Zara e tem como objetivo ser a primeira. Mercados são feitos para serem conquistados ou comprados. Se você segue e acompanha moda cm propriedade pode reparar que a loja do Iguatemi que é a loja padrão da C&A ja esta com um padrão muito parecido com o layout (inclusive iluminação e luminária) da H&M. Esta matéria foi escrita em ca de rumores do mercado e esta bem claro isso. Um abraço. Paulo Fernando

    Deixe uma resposta

    ComunidadeModa 2013 - Todos os direitos reservados