• facebook
  • flickr
  • twitter
  • O anônimo apaixonado do facebook

    comportamento, editorial, Pesquisa de Moda, Tendencias e Inspiração

    03/03/2013

    anonimo_apaixonado

    Não sei se é verdade ou uma lenda, mas o caso circulou muito pelo efeito viral da internet e do facebook. Achei a história linda e vou tentar reproduzir.

    Era um perfil comum no facebook, Engenheiro Civil (mas fazia um pouco de tudo), meia idade, sem foto, trabalhava muito, poucos amigos, alguns familiares. O que ele tinha de incomum? É que todo dia ele postava logo cedo a mesma frase.
    “Hoje eu acordei ao lado do meu amor, tenho um pai uma mãe e 4 irmãos”.
    Todos os dias era isso. Um vez alguém resolveu compartilhar a frase com um comentário solto…olhem que lindo…logo em seguida muitas pessoas curtiram a postagem e mais algumas compartilharam.
    E assim foi criando o mito, em pouco tempo mais de 50.000 pessoas assinaram para seguir o perfil do homem do perfil comum que escrevia a mesma frase todos os dias, …”Hoje eu acordei ao lado do meu amor, tenho um pai, uma mãe e 4 irmãos”.
    600.000 seguidores depois, um dia, ele amanhece com a frase diferente. “Hoje eu acordei ao lado do meu amor, tenho uma mãe e 4 irmãos”. A caixa postal dele se encheu com milhares de pedidos de pêsames, sentimentos, muitos choraram e no fundo todos perderam um pai junto com ele. No jardim da Igreja da Cruz Torta no bairro de Alto de Pinheiros, em São Paulo, milhares e milhares de arranjos de flores foram deixados em homenagem ao pai daquele homem de perfil comum. Como foi escolhido o local até hoje ninguém sabe, discute-se que foi através das redes sociais e dos vários grupos criados a partir do mito do homem apaixonado de perfil comum.
    A história, agora um pouco mais triste, fez com que mais e mais pessoas o seguissem. Agora ele já se tornara um “case” de marketing viral da internet com mais de 12.000.000 de seguidores. Foi capa de revistas, sem rosto. Todos queriam achar este homem apaixonado, uma celebridade, um perfil anônimo, um IP sem endereço, sem email. Um nome simples como tantos Antonios e Josés.
    Mas a frase continuava ali, dia após dia. 365 postagens ao ano, sem falhas. Apenas aumentava dia a dia seu número de seguidores que precisavam ler a frase como precisavam tomar seu café, respirar seu ar; “Hoje eu acordei ao lado do meu amor, tenho uma mãe e 4 irmãos”. Um personagem de reality show sem câmeras mas, com mais audiência do que qualquer outro programa já realizado. Os grandes estrategistas das grandes agências de propaganda e anunciantes o queriam. Ele teria que ter um blog onde colocasse todas as suas idéias e inspirações para que pudessem investir suas verbas. O homem de perfil comum era um fenômeno, um formador de conceitos, idéias, opiniões e tinha uma credibilidade inquestionável e um publico fiel e mais do que segmentando. Eles acreditavam no amor.

    paixao-facebook
    Grupos se abriram para discutir tamanha paixão declarada e declamada todos os dias. Os programas de fofocas a cada dia apresentavam uma pessoa como sendo o apaixonado do facebook. Mas, na verdade, nunca descobriram quem era este homem.
    Um dia, sem mais nem menos, seus mais de 40.000.000 de seguidores, ao acordarem e abrirem seus facebook’s  para lerem a frase não encontraram nenhuma postagem, assim aconteceu no dia seguinte e no próximo e no próximo, o mundo ficou atônito, ficou sem ação como se uma bomba tivesse caído na cabeça de cada uma das pessoas.
    Ninguém viu, ninguém soube, ninguém leu mas, naquele primeiro dia que ele não postou, no perfil de uma linda mulher, tinha a seguinte frase: “Hoje eu acordei sem o meu amor do meu lado, de que me adianta uma sogra e 4 cunhados, ele se foi”. Paulo Fernando | Comunidade Moda | Foto: Paulo Fernando – Um casal apaixonado anônimo na praia da macumba|Rio de Janeiro

    Artigos Relacionados:

    Inverno - Todos os detalhes do desfile da Louis Vuitton - Fall 2011
    Rihanna para a Empório Armani Underwear
    Os meninos do Brasil 3 by models.com